Crawler Detect

Mata dos Godoy preserva mata nativa no meio de Londrina
TV União Rádio União Impressas - PDF Interativo

Meio Ambiente • 12 de fevereiro de 2018 • 14h42

Mata dos Godoy preserva mata nativa no meio de Londrina

Unidade de Conservação administrada pelo Instituto Ambiental do Paraná é uma opção de lazer no Norte do Estado. São 690 hectares de floresta, onde vivem 187 espécies de aves silvestres e 65 de mamíferos. Da área total, 10% foram transformadas em espaço de lazer, abertos à visitação pública, com três trilhas que podem ser percorridas sem necessidade de preparo físico.

 

Reconhecido como uma Unidade de Conservação há quase 30 anos, o Parque Estadual Mata dos Godoy preserva ecossistemas característicos da região Norte em meio à cidade de Londrina. O local é uma opção de lazer para quem passa as férias na região e deseja ter contato com a natureza.

 

Administrada pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), a área possui 690 hectares de floresta, onde vivem 187 espécies de aves silvestres e 65 de mamíferos. Da área total, 10% foram transformadas em espaço de lazer, abertos à visitação pública, com três trilhas que podem ser percorridas por qualquer pessoa, sem necessidade de preparo físico.

 

O remanescente está a 20 quilômetros de Londrina e é circundado por áreas ocupadas pela agricultura e pecuária, sujeito a ações do homem. Vivem nesta mata catetos, onças-pardas, tamanduás, tatus, macacos-prego, cotias, quatis, antas, veados, capivaras, gatos-mourisco, jacus, papagaios, tucanos, anambés, entre outros. A mata tem perobas, figueiras, cedros, lianas e bromélias, em meio à sua diversificada vegetação.

 

Trilhas

 

Trilha do Projeto Madeira: percurso de 540 metros. O trajeto tem início atrás do centro de visitantes, percorrendo uma área de reflorestamento de espécies nativas, denominada Projeto Madeira, e terminando na área de descanso (choupana).
 

Trilha Interpretativa ou das Perobas e Figueiras: Com cerca de 700 metros, nela é possível observar a exuberância da mata nativa. Tem início logo após o término da Trilha do Projeto Madeira. Seus maiores atrativos são as perobas e figueiras brancas que apresentam exemplares de grande porte.
 

Trilha dos Catetos: Inicia no final da Trilha do Projeto Madeira, essa trilha é feita por um caminho largo e retilíneo que adentra a mata nativa e termina no limite noroeste do Parque.

 

O Parque preserva remanescentes da Floresta Estacional Semidecidual Montana, a Floresta Secundária e as áreas de reflorestamento. É importante para a região, não apenas por sua extensa vegetação florestal, mas sobretudo pelo estado de conservação e diversidade da sua fauna e flora.

 

História

 

O Parque também é uma lição sobre conscientização ambiental e preservação do meio ambiente. Até ser adquirido e transformado em Unidade de Conservação, em junho de 1989, a área pertencia à Fazenda Santa Helena, de propriedade da Família Godoy.

 

A família sempre teve a preocupação de preservar a área, promover visitas de crianças, estudantes e pesquisadores para mostrar a importância de se preservar o ambiente. A preocupação é a mesma do IAP, que mantém o local não só como um parque de lazer de contato com a natureza, mas como área de preservação e um laboratório vivo da biodiversidade, rico em espécies de fauna e flora.

 

SERVIÇO
Parque Estadual Mata dos Godoy
Localização: Fazenda Santa Helena – Distrito de Espírito Santo, a 20 Km do Centro de Londrina.
Horário de visitação: terça a sexta-feira, das 9h às 17h30, e aos domingos e feriados, das 13h30 às 17h.
As visitas podem ser agendadas pelo telefone: (43) 3373-8700.

AEN

Clique nas fotos para ampliar



Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário