TV União Rádio União Impressas - PDF Interativo

Artigos e Opinião • 07 de dezembro de 2017 • 09h44

O título de Mahatman

Um anjo desceu do céu. Não importa a natureza do anjo nem a concepção do  céu. Revestiu-se de uma condição de líder fundador e uma disposição quase heroica de tocar o projeto para frente. É um intérprete de seus próprios sonhos e daqueles que se dispuseram, expontâneamente, a seguí-lo . Tem o condão da criação de um clima de debates e entendimento que envolve a todos e um fervor no alcance do objetivo proposto fora do comum. Reúne a condição de ser competente e carismático acima de qualquer expectativa. Consegue transformar os conflitos naturais em solidariedade e avanços. Acima de tudo está treinado em manter o seu próprio ego sob o mais rigoroso controle e entender que ignorantes não são os outros, mas ele mesmo que não consegue decifrar os anseios, objetivos, comportamento psico social  dos membros do grupo. Portanto, antes de exigir mudanças de comportamentos, precisa mudar o seu próprio e aprender a respeitar as propostas divergentes da sua e acatá-las sinceramente em nome do bem estar do grupo. Não põe limites `a opinião, origem, cultura, conhecimento de quem quer que seja. É capaz de mediar  debates e conduzir o grupo a um consenso.

Onde existe tal pessoa ? A história da humanidade está cheia deles, do contrário não chegaríamos ao estágio de civilização que nos encontramos. Foi a experiência humana e a ação dos líderes que proporcionaram que a experiência humana desse um salto de qualidade. Por isso, muitos historiadores tentaram retratar a história como uma sucessão de líderes desconhecendo tudo o mais. Há um  clássico, Os Heróis, de Carlyle, mas há muitos outros. Mesmo os livros de história didáticos tem essa tendência de atribuir a um único personagem as mudanças, geralmente precedidas de atos heroicos. É preciso avaliar que as primeiras mudanças da sociedade humana levaram muito tempo. A revolução agrícola, ou seja a passagem da economia da caça e da coleta do homem pré hitórico, aconteceu há apenas 8 mil anos. Compare quanto tempo o ser humano viveu em cavernas, caça dos animais, e ameaçado de extinção. Porém, os ciclos foram ficando cada vez mais curtos. Em pouco mais de três mil anos foi possível erigir as primeiras sociedades complexas na Mesopotãmia. Daí para frente os ciclos foram se tornando cada vez mais curtos. Em menos de dois séculos foi possível saltar da civilização indústrial para a quarta fase, conhecida como Industry 4.0, ou a era das máquinas programarem as próprias máquinas.

A personalidade dos líderes ao longo da história estava longe de se parecer com o anjo que caiu do céu. Geralmente se tornaram autocratas, personalistas, ditadores, intolerantes, arrogantes e donos do destino do seu povo e alguns da própria humanidade. Contruiram impérios, impuseram a sua maneira de ver o mundo e foram protagonistas em imensas tragédias. Exemplos não faltam quer seja no Egito, China, Oriente Médio e na Europa. O desenvolvimento da democracia e do capitalismo liberal proporcionara a participação social e polítca das massas que se organizaram para que o líder-ditador tivesse seu campo limitado pela lei, pela constituição e a manutenção do Estado sob cabresto curto. A liderança descambou do domínio da força, dos exércitos, para a política e desta para o mundo corporativo, organizacional, ambiental e filantrópico. Há inúmeros líderes que não tinham se quer uma faca na mão e no entanto foram capazes de produzir mudanças profundas como Péricles, Gandhi, Mandela e muitos outros, só para ficar no campo político. Foram anjos criados na terra, não caíram do céu, sofreram e aliviaram o sofrimento de milhões, todos merecem o título de mahatman.

Heródoto Barbeiro é âncora do Jornal da Record News e ex apresentador do Jornal da CBN  -  herodoto@herodoto.com.br

 

 



Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário